Inundação

Inundações repentinas, bruscas ou enxurradas, ocorrem com mais freqüência, em regiões de relevos acentuados, montanhosos, como exemplo a região Sul do País. Acontecem pela presença de grande quantidade de água num curto espaço de tempo. São freqüentes em rios, zonas montanhosas com bastante inclinação e vales profundos. Muitas vezes, as águas de chuvas, arrastam terra sem vegetação, ocorrendo os deslizamentos nas margens dos rios. A grande quantidade de água e materiais arrastados representam, à medida que escoam, grande poder de destruição.


No Brasil muitas pessoas morrem anualmente pelas inundações, outras, perdem parcialmente ou todo o patrimônio familiar alcançado ao longo dos anos de trabalho e esforço.


O que devemos fazer para evitar inundações.

Não construir próximo a córregos, ou, em cima de barrancos que possam deslizar, assim pode deslizar a sua casa;

Não construir embaixo de barrancos que possam deslizar, soterrando sua casa;

Depositar o lixo em local apropriado;

Sempre que necessário solicite à sua prefeitura (através do telefone 156) a limpeza das caixas de captação (boca de lobo), onde ocorre a acúmulo de (resíduos vegetais, plásticos, papéis etc.) que podem obstruir a escoamento da água.

Não coloque material de construção (areia, pedra) na rua e na área da calçada, pois podem ser levadas pelas enxurradas e obstruir a tubulação devido ao acúmulo;

Limpe o telhado e canaletas de água para evitar entupimentos;


O que deve fazer ao verificar os riscos de alagamentos.

Não deixe crianças trancadas em casa sozinha;

Mantenha sempre pronta água potável, roupa e remédios, caso tenha que sair rápido de sua casa;

Conheça a Unidade de Pronto Atendimento mais próxima (UPA) mais próxima da sua casa, pode ser necessário;

Se possível avise seus vizinhos sobre o perigo, no caso de casas de risco de deslizamento;

AVISE IMEDIATAMENTE À DEFESA CIVIL (199) E/OU CORPO DE BOMBEIROS (193) SOBRE ÁREAS AFETADAS PELA INUNDAÇÃO.

Antes de tudo, salve e proteja a sua vida, a de seus familiares e amigos. Se precisar retirar algo de sua casa, após a inundação, peça ajuda à DEFESA CIVIL E CORPO DE BOMBEIROS;

Coloque documentos e objetos de valor em um saco fechado e em local protegido;

Tenha um lugar previsto e seguro, onde você e sua família possam se alojar no caso de uma inundação;

Desconecte os aparelhos elétricos da corrente elétrica para evitar curtos circuitos nas tomadas;


O que devemos fazer após a inundação.

Lave e desinfete os objetos que tiveram contato com as águas de enchentes;

Retire todo lixo da casa e do quintal e o coloque para limpeza pública;

Cuidado com aranhas, cobras e ratos, ao movimentar objetos, móveis e utensílios, pois eles procuram refúgio em lugares;

Nunca beba água e/ou consuma alimento que teve contato com a enchente ou inundação;

Água para consumo: fervida ou tratada com água sanitária; (2 gotas de água sanitária para 1 Lt de água), hipoclorito (1 gota de hipoclorito de sódio para 1Lt de água), nos dois casos deixar em repouso por 30 minutos para desinfetar.;

Água para limpeza: água sanitária (1 Lt água sanitária para 5 Lt de água), hipoclorito (1 Lt de hipoclorito de sódio para 20 Lt de água).

© 2009 - Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil - COMPDEC
Rua Capitão Souza Franco, 13 - Bairro: Batel - CEP: 80.730-420
defesacivil@curitiba.pr.gov.br
Curitiba - Paraná