Noticias
Voltar
Limpeza da bacia do Belém beneficia 300 mil pessoas

Limpeza da bacia do Belém beneficia 300 mil pessoas

Computadores, móveis quebrados, lixo e muita caliça estão sendo retirados ao longo do rio Belém e de seus afluentes, atendendo mais de 300 mil moradores de Curitiba. Nesta segunda-feira (5), os trabalhos foram concentrados no rio Belém na região da Vila das Torres. Outras duas equipes fizeram a limpeza de trechos do córrego Areãozinho, um dos afluentes do Belém. O trabalho a Prefeitura visa à prevenção e ao combate de alagamentos na região do Jardim das Américas.


A limpeza na bacia do Belém faz parte do programa de desassoreamento e combate a enchentes e está melhorando o escoamento das águas em 23 quilômetros de rios. Estão sendo investidos neste programa mais de R$ 17 milhões.


"Além das obras de prevenção, serão feitas ações de educação ambiental desenvolvidas pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente. É um trabalho fundamental para evitar as cheias na época do verão", disse o prefeito Luciano Ducci.


Na região da Vila das Torres, a retroescavadeira já fez a limpeza das margens e deve alcançar seis quilômetros no leito do Belém. O equipamento está trabalhando dentro do rio removendo resto de construção civil e muito lixo.


"A Prefeitura está fazendo a sua parte, preparando os rios para suportar as chuvas de verão, que neste ano deverão ser intensas. Mas a população pode ajudar evitando jogar lixo no rio", disse o secretário municipal de Obras Públicas, Mario Tookuni. Atualmente, toda a cidade é coberta pelo sistema de coleta de lixo, que passa em todas as ruas de Curitiba.


Jardim das Américas - Outras duas equipes estão trabalhando no córrego Areãozinho, no Jardim das Américas. Na rua Dr. Constante Coelho, onde havia um estrangulamento do Areãozinho, está sendo construído um canal, com tubulações de 1,8 metro de diâmetro, que vai dar vazão à água represada. As novas tubulações vão substituir antigas galerias, com menos de 60 centímetros.


Para melhorar o escoamento do córrego, equipes estão recuperando as margens do Areãozinho, construindo muros de arrimos, no encontro com a rua Francisco Maravalhas. Esta obra evita que o rio provoque erosões, que poderão ameaçar casas na região.


Confira algumas obras na bacia do rio Belém


Rio Belém - rua Zulmira Bacila e rua Bley Zornig
Extensão 2.200 metros


Rio Belém - rua Engenheiros Rebouças
Extensão 1400 metros


Rio Belém - rua Zulmira Bacila e rua José Ritmeyer
Extensão 2200 metros


Rua Dr. Constante Coelho - Jardim das Américas - 585 metros
Investimentos: R$ 288,4 mil


Rua Francisco Maravalhas (córrego Areiãozinho) Jardim das Américas - 60 metros
Investimento: R$ 109,7 mil

Capacitações

Em um evento adverso a possibilidade de alguém sofrer alguma queda, escorregar ou se machucar é muito grande. Para isso precisamos de pessoas capacitadas para atender àquele que necessitar de ajuda.


Estabelecer os requisitos para a elaboração, manutenção e revisão de um plano de emergência contra incêndio, visa proteger a vida, o meio ambiente e o patrimônio.



Telefones
© 2009 - Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil - COMPDEC
Rua Capitão Souza Franco, 13 - Bairro: Batel - CEP: 80.730-420
defesacivil@curitiba.pr.gov.br
Curitiba - Paraná