Noticias
Voltar
Operação vistoria empresas de estocagem e venda de combustíveis

Operação vistoria empresas de estocagem e venda de combustíveis

Representantes das forças de segurança e fiscalização do município e do Estado fizeram, na manhã desta terça-feira (21), em Curitiba, a Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU) para prevenir acidentes com produtos químicos e deixar a cidade ainda mais segura.


Na operação, que visa também preparar a cidade para a Copa do Mundo de 2014, foi feita a fiscalização e o trabalho de orientação em estabelecimentos de revenda, transporte e estocagem de combustíveis líquidos e gasosos. "O objetivo da operação é minimizar os riscos dentro da cidade de Curitiba e reprimir atos que não estejam em conformidade com a Lei, visando maior segurança durante a Copa de 2014", afirma a tenente Tamires, do Corpo de Bombeiros, responsável pela ação.


Planos de segurança - O Guarda Municipal Pedro Ioungblood, chefe de uma das equipes de fiscalização, explica que durante a operação são avaliados diversos itens de segurança. "Verificamos o plano de emergência, local de acondicionamento dos produtos e o alvará de funcionamento entre outros importantes itens", pontua. "Tudo para garantir a segurança e prevenir a ocorrência de acidentes, principalmente durante a Copa".


Participam da ação integrada, que será realizada durante toda esta terça, o Corpo de Bombeiros; Polícia Militar; Polícia Civil; Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente e Delegacia de Explosivos, Armas e Munições; Guarda Municipal de Curitiba; Coordenadoria Estadual de Defesa Civil; Receita Estadual; Coordenadoria Municipal de Defesa Civil de Curitiba, Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Secretaria de Trânsito (Setran).


A AIFU é uma ação de rotina que também visa a garantir a segurança na cidade com vistas ao Mundial de 2014. Segundo estimativa do Ministério do Turismo, Curitiba deverá receber 508 mil turistas na Copa do Mundo. Entre os visitantes, 406.944 serão brasileiros, e 101.390, estrangeiros.

Capacitações

Em um evento adverso a possibilidade de alguém sofrer alguma queda, escorregar ou se machucar é muito grande. Para isso precisamos de pessoas capacitadas para atender àquele que necessitar de ajuda.


Estabelecer os requisitos para a elaboração, manutenção e revisão de um plano de emergência contra incêndio, visa proteger a vida, o meio ambiente e o patrimônio.



Telefones
© 2009 - Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil - COMPDEC
Rua Capitão Souza Franco, 13 - Bairro: Batel - CEP: 80.730-420
defesacivil@curitiba.pr.gov.br
Curitiba - Paraná