Noticias
Voltar
Boletim da Defesa Civil - Atendimentos do período

Boletim da Defesa Civil - Atendimentos do período

Boletim da Defesa Civil - 16h20min - Dia 04/10/2013


Atendimentos do período


Resumo - Números Contabilizados

  • 19 bairros atingidos
  • 64.000 Residências sem energia elétrica
  • 256.000 pessoas afetadas
  • 04 pessoas feridas
  • 12 veículos atingidos por árvores ou galhos
  • 169 atendimentos de quedas de árvores
  • 50 atendimentos de destelhamentos
  • 36 residências danificadas, sendo 23 residências parcialmente destelhadas e 13 danificadas por árvores
  • 27 Equipamentos Públicos, parcialmente destelhados
  • 5.000m² de lona plástica fornecidos, para cobertura provisória das residências e Equipamentos Públicos destelhados
  • 544 alunos, da Rede Municipal de Ensino, que ficaram sem aulas
  • 250 semáforos deixaram de funcionar, durante a ocorrência
  • 150 linhas de ônibus tiveram atrasos
  • 20 atendimentos de quedas de postes de energia elétrica
  • 07 verificações de abalos estruturais em edificações


Descrição do Atendimento


Por volta das 16 horas, do dia 03/10/2013, nossa capital recebeu chuvas com fortes ventos de 64,4 Km-h, ocasionando quedas de árvores e galhos, destelhamentos, quedas de postes de energia, quedas de fiação elétrica em via pública. As chuvas acumularam 16,4mm, das 16 às 16h30.


Houve destelhamento na Rodoferroviária, atingindo 2 veículos e 3 pessoas, que tiveram ferimentos leves. Os feridos eram três homens, sendo um de 62 anos, outro de 41 anos e um terceiro de 25 anos. A Urbs informou, às 16h50, que durante a ocorrência, 250 semáforos deixaram de funcionar e houve o atraso de 150 linhas de ônibus.


Também houve destelhamento do Terminal do Campina do Siqueira.


Houve quedas de árvores e galhos em alguns bairros de Curitiba, além de vários pontos de alagamentos. Segundo a Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SMMA), 01 pessoa foi atingida por galhos de árvores, sofrendo ferimentos leves. Isso totalizou 04 feridos levemente.


O Setor de Arborização da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, até as 08h20, do dia 04-09-2013, atendeu 169 situações de queda de árvore, sendo:

  • 112 árvores caídas - (total com área pública e de área particular atingindo área pública);
  • 37 galhos caídos;
  • 20 galhos pendurados.


Essas quedas de galhos e árvores atingiram 12 veículos e 13 edificações, ocasionando danos materiais.


Bairros mais atendimentos pela SMMA:


Santa Felicidade (36 solicitações), Bom Retiro (29 solicitações), Vista Alegre (25 solicitações), Centro Cívico (14 solicitações) e Alto da Glória (15 solicitações).


Queda de árvores e galhos (locais registrados):


Rua Padre Germano Mayer, Rua Dr. Roberto Barroso, Av. Manoel Ribas, Praça Tiradentes, Praça Nossa Sra. de Salete, Av. Toaldo Túlio, Rua Dr. Faivre, Av. Cândido Hartmann, Pq Barigui, Rua Dr. José Giostre Sobrinho, Av. João Gualberto, Pq. Tingui, Rua Waldomiro Antônio Dalarmi, Rua Cel Pedro Scherer Sobrinho, Rua Teffé, Lysimaco Ferreira da Costa, Av. Marechal Floriano, Rua Iedo de faria Pinto


Segundo a SMMA, as principais espécies atingidas foram:


Araucária, Angico, Tipuana, Ipês e Pau-ferro.


As equipes da SMMA, ainda continuam recebendo chamadas e atendendo as solicitações.


Os bairros mais afetados pela chuvas fortes, foram: Santa Felicidade, Butiatuvinha, Pilarzinho, Cristo Rei, Centro, Centro Cívico, Cajuru, Solitude, Barigui, Alto da Rua XV, Vista Alegre, Alto da Glória, Mercês, Uberaba, Rebouças, Jardim Botânico, São Francisco, Bigorrilho, São João.


Além disso, a Secretaria Municipal da Educação, informou que houve destelhamentos, quebra de vidros, queda de muros e alagamentos nas escolas municipais Erley Mehl, Ana Hella, Santa Felicidade, Omar Sabbag, Batel, Mirazinha Braga, Ninfa Maria da Rocha Peplow, Foz do Iguaçu, Maria de Lourdes, Professor Brandão (394 alunos ficaram sem aula no dia 04/10), no Centro de Educação Infantil Issa Nacle e nos CMEIs Bracatinga, Solitude, Portão, Araguaia, Conjunto Mercúrio e dos Servidores (150 crianças ficaram sem aula no dia 04/10).


No CMEI Mercúrio houve o desabamento do telhado.


Segundo a Secretaria Municipal da Saúde, as Unidades de Saúde Bacacheri, Vila Leonice, Uberaba, Bom Pastor, Pinheiro, Santa Felicidade o Centro de Especialidades e a sede do SAMU, que fica na Rua Atílio Bório, sofreram com pequenos alagamentos, vidros quebrados e falta de luz.


A COSEDI (Comissão de Segurança em Edificações) realizou, até o momento, 07 solicitações relacionadas a risco estrutural.


Setor de Alvará do Prédio Central foi interditado em conseqüência das chuvas terem entrado na sala e molhado toda a documentação.


Foram registrados Destelhamentos nos seguintes locais:

  • 17 Equipamentos da Rede Municipal de Ensino
  • 08 Unidades de Saúde (incluindo a sede do SAMU)
  • Rodoferroviária de Curitiba
  • Terminal Campina do Siqueira
  • Rua Santo Zonatto - São João
  • Rua Antônio Costa (Rádio Banda B)
  • Bairro Butiatuvinha
  • Mais de 50 pedidos de lonas foram contabilizados.

A Copel informou que cerca de 64.000 residências ficaram sem energia elétrica.


Os locais onde foram constatados quedas de postes e fios de energia elétrica foram:

Praça Nossa Sra. De Salete, Bairro Pilarzinho, Rua Dr. Roberto Barroso, Av. Manoel Ribas.


Cerca de 256.000 pessoas afetadas pelas fortes chuvas.

Aproximadamente, 300 pessoas, da Prefeitura Municipal de Curitiba e Defesa Civil, trabalham efetivamente nos atendimentos às solicitações.


Inspetor João Batista dos Santos
Coordenador Técnico
COMDEC - CTBA

Capacitações

Em um evento adverso a possibilidade de alguém sofrer alguma queda, escorregar ou se machucar é muito grande. Para isso precisamos de pessoas capacitadas para atender àquele que necessitar de ajuda.


Estabelecer os requisitos para a elaboração, manutenção e revisão de um plano de emergência contra incêndio, visa proteger a vida, o meio ambiente e o patrimônio.



Telefones
© 2009 - Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil - COMPDEC
Rua Capitão Souza Franco, 13 - Bairro: Batel - CEP: 80.730-420
defesacivil@curitiba.pr.gov.br
Curitiba - Paraná