Noticias
Curitiba ganha uma rede de pluviômetros para prevenir alagamentos

Curitiba ganha uma rede de pluviômetros para prevenir alagamentos

Com a instalação de um pluviômetro na Unidade de Saúde Bom Pastor, localizado no bairro Vista Alegre, Curitiba passa a contar a partir desta segunda-feira (15) com uma rede de equipamentos usados na prevenção de alagamento e desastres.


Somente neste ano, foram instalados 11 pluviômetros na cidade que irão auxiliar na defesa em caso de perigo de alagamento. A rede de monitoramento está sendo implantada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente em parceria com o Centro Nacional de Monitoramento e Desastres Naturais (Cemaden).


"Pela primeira vez Curitiba vai ter uma base de dados para prevenir enchentes e as informações serão utilizadas para planejamento. Para o próximo ano, está prevista a instalação de mais nove unidades", disse o prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet, que foi conferir no local a instalação do equipamento.


O secretário Municipal de Meio Ambiente, Renato Lima, ressalta que o projeto pretende introduzir a cultura da percepção de riscos de desastres naturais no Brasil. "Estamos envolvendo a população que vive em áreas de risco, fortalecendo as capacidades locais de enfrentamento de eventos adversos. Este é mais um passo para a construção de uma Curitiba Mais Verde e Mais Humana", disse.


Os pluviômetros automáticos são equipamentos que medem a quantidade de chuva da cidade. Os equipamentos são alimentados por painéis solares e os dados transmitidos em tempo real para o Cemaden. O Centro fará o processamento, análise e mapas técnicos disponibilizando as informações para a Secretaria do Meio Ambiente e defesa civil.


"Estamos completando a rede de informações hidrometeorológicas que fazem parte da estrutura para o monitoramento e alertas de desastres naturais. Os pluviômetros foram instalados em locais estratégicos para a cidade. Nesta primeira etapa foram selecionados locais com históricos de alagamentos", explica o diretor do departamento de Gestão de Risco, Claudio Renato Wojcikiewicz.


A cidade de Curitiba recebeu o certificado de Cidade Resiliente da Organização das Nações Unidas (ONU) em 2013. Segundo a ONU, uma cidade resiliente é aquela que tem a capacidade de resistir, absorver e se recuperar de forma eficiente dos efeitos de um desastre e, de maneira organizada, prevenir que vidas e bens sejam perdidos. Curitiba foi a primeira cidade no Paraná a receber o certificado.


Veja os locais onde foram instalados os 11 Pluviômetros


CEI Raul Hollemberg (São Braz)


CEI Romário Martins (Cachoeira)


Unidade de Saúde Bom Pastor (Vista Alegre)


CEI Prof. Lauro Smanhotto (Pilarzinho)


CEI Doutel de Andrade (Boa Vista)


Distrito de Manutenção Santa Felicidade


CEI Julio Moreira (São Braz)


Unidade de Saúde Vila Esperança (Atuba)


CEI Padre Francisco Meszner (CIC)


Unidade de Saúde Umbará ( Umbará)


Portal do Futuro Cajuru ( Cajuru)

Capacitações

Em um evento adverso a possibilidade de alguém sofrer alguma queda, escorregar ou se machucar é muito grande. Para isso precisamos de pessoas capacitadas para atender àquele que necessitar de ajuda.


Estabelecer os requisitos para a elaboração, manutenção e revisão de um plano de emergência contra incêndio, visa proteger a vida, o meio ambiente e o patrimônio.



Telefones
© 2009 - Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil - COMPDEC
Rua Capitão Souza Franco, 13 - Bairro: Batel - CEP: 80.730-420
defesacivil@curitiba.pr.gov.br
Curitiba - Paraná