Noticias
Canal no Alto Boqueirão passa por amplo trabalho de desassoreamento

Canal no Alto Boqueirão passa por amplo trabalho de desassoreamento

O trabalho de limpeza e desassoreamento do canal de drenagem próximo à linha férrea no Boqueirão/Parque Náutico, iniciado no último dia 5, teve continuidade nesta quarta-feira (17). Aproximadamente dois quilômetros serão desobstruídos pelo maquinário da Secretaria Municipal de Obras Públicas, com a retirada de entulho e efetiva limpeza das margens. A previsão é que o serviço seja concluído em uma semana.


Segundo o administrador da Regional Boqueirão, Augusto Meyer Neto, a medida irá melhorar o escoamento das águas da chuva e diminuir riscos de alagamento na região. Ele destacou também o trabalho de conscientização que vem sendo feito com a comunidade, principalmente para não jogar ou descartar objetos nos canais e na prevenção da dengue.


A operação de desassoreamento foi acompanhada por moradores da região do Alto Boqueirão, Boqueirão e Xaxim e que também são representantes do Núcleo de Proteção e Defesa Civil Comunitária (NUPDEC). O Núcleo conta com a participação de voluntários que auxiliam a Prefeitura de Curitiba e a Defesa Civil com a troca de informações e monitoramento das chuvas nas suas respectivas comunidades.


Um desses voluntários é Aramis Cordeiro, de 61 anos, presidente da União das Associações de Bairros do Boqueirão, que elogia a forma compartilhada de trabalho que vem sendo adotada na regional Boqueirão. "A limpeza e o alargamento dos canais minimizaram as enchentes por aqui. O trabalho da Prefeitura já deu resultado. Sou morador desta localidade desde 1959 e posso confirmar a melhora tanto na parte de obras quanto no relacionamento com a administração regional", afirmou.


Givan Antônio de Lima, presidente da Associação de Moradores do Jardim Paranaense e morador há 30 anos na região, também está satisfeito com a troca de informações com o poder municipal e execução de obras para evitar enchentes em sua localidade. "Cada chuva, nem precisava ser muito forte, gerava grandes alagamentos. Agora é diferente. Inclusive os imóveis tiveram uma boa valorização e o comércio também está investindo aqui porque está mais seguro", afirmou. "Esse tipo de administração promovida pelo Augusto, com a participação da comunidade, tem que ser valorizada", complementou.


NUPDEC


Neira Carmem Araújo da Silva é integrante do NUPDEC e também diretora do Lar Dona Nenê, no Xaxim. Ela destaca a importância do trabalho desenvolvido pelos voluntários em parceria com a Defesa Civil. "Na hora da emergência é importante saber quem são as pessoas certas para atender a população. Especialmente no meu caso, que tem muitas crianças", comentou. A diretora explicou como funciona esse trabalho integrado do Nupdec. "Neste processo, os voluntários são a base e quando começa a chover, informamos a regional e a Defesa Civil se o rio está enchendo de forma rápida, se já está transbordando e assim por diante. Começou a chover, começa a troca de informações. Isso é essencial para antecipar ações que precisam ser tomadas".


Os integrantes do NUPDEC passam por treinamento onde aprendem as ações da Defesa Civil e assim tem conhecimento de como agir em determinadas situações. "Essa integração entre Administração Regional e comunidade, através dos núcleos, é importantíssimo em situações de cheias de rios já que é impossível para o poder publico estar em todos os cantos simultaneamente. Os voluntários são nossos olhos dentro das comunidades", disse Julia Taniguchi, assessora da administração regional do Boqueirão.


Canal no Alto Boqueirão passa por amplo trabalho de desassoreamento Canal no Alto Boqueirão passa por amplo trabalho de desassoreamento Canal no Alto Boqueirão passa por amplo trabalho de desassoreamento Canal no Alto Boqueirão passa por amplo trabalho de desassoreamento Canal no Alto Boqueirão passa por amplo trabalho de desassoreamento Canal no Alto Boqueirão passa por amplo trabalho de desassoreamento Canal no Alto Boqueirão passa por amplo trabalho de desassoreamento Canal no Alto Boqueirão passa por amplo trabalho de desassoreamento
Capacitações

Em um evento adverso a possibilidade de alguém sofrer alguma queda, escorregar ou se machucar é muito grande. Para isso precisamos de pessoas capacitadas para atender àquele que necessitar de ajuda.


Estabelecer os requisitos para a elaboração, manutenção e revisão de um plano de emergência contra incêndio, visa proteger a vida, o meio ambiente e o patrimônio.



Telefones
© 2009 - Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil - COMPDEC
Rua Capitão Souza Franco, 13 - Bairro: Batel - CEP: 80.730-420
defesacivil@curitiba.pr.gov.br
Curitiba - Paraná