Noticias
Equipes trabalharam durante toda a madrugada devido ao temporal

Na manhã desta quinta-feira (05), não há mais pontos de alagamento ou ruas interrompidas em Curitiba. Equipes da Guarda Municipal e da Defesa Civil da Prefeitura de Curitiba trabalharam ininterruptamente e de maneira intensa desde as 17h40 da quarta-feira até a manhã desta quinta. Não há registro de nenhum desabrigado ou desalojado.


A Unidade de Saúde Vila Guaíra, que na quarta-feira encerrou o atendimento mais cedo por causa de avarias provocadas pela chuva, atende normalmente nesta quinta.


Em algumas horas, foi registrada a queda de 38,2 mm de chuva, um terço do volume previsto para todo o mês. Houve 97 pontos de alagamento na cidade. No bairro Hugo Lange, uma família precisou ser temporariamente retirada de casa, devido ao grande volume de águas.


Segundo a Defesa Civil, embora tenham sido feitos atendimentos em 23 bairros de Curitiba, a região mais atingida pelas chuvas foi a Vila Autódromo, no Cajuru. No bairro Tingui, região Norte da cidade, um muro caiu sobre dois automóveis, na Rua Lívio Pertelli. Felizmente, houve apenas danos materiais.


Em casos de emergências ocasionados devido ao mau tempo, a população deve entrar em contato com a Defesa Civil, pelo fone 199 ou pelos fones 153 (guarda municipal) e 193 (Corpo de Bombeiros). O telefone 156 é mais viável durante a semana nos horários comerciais.


Durante a ocorrência de tempestades e vendavais, a Prefeitura de Curitiba orienta a população para que:


  1. Quando estiver em ruas e avenidas, evitar passar sob cabos elétricos, outdoors, andaimes, escadas e estruturas que não transmitem segurança. Não estacionar veículos próximos a torres de transmissão e a placas de propaganda, pois estas são vulneráveis a ventos fortes;
  2. Não se abrigar debaixo de árvores ou em frágeis coberturas metálicas;
  3. Evitar estacionar próximo a árvores ou linhas de energia elétrica;
  4. Não tocar em equipamentos que estejam ligados a rede elétrica;
  5. Após vendavais, ajudar na limpeza e recuperação da área onde se encontra, começando pela desobstrução das ruas e outras vias.
Capacitações

Em um evento adverso a possibilidade de alguém sofrer alguma queda, escorregar ou se machucar é muito grande. Para isso precisamos de pessoas capacitadas para atender àquele que necessitar de ajuda.


Estabelecer os requisitos para a elaboração, manutenção e revisão de um plano de emergência contra incêndio, visa proteger a vida, o meio ambiente e o patrimônio.



Telefones
© 2009 - Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil - COMPDEC
Rua Capitão Souza Franco, 13 - Bairro: Batel - CEP: 80.730-420
defesacivil@curitiba.pr.gov.br
Curitiba - Paraná