Noticias
Especialistas capacitam equipes locais para prevenção de desastres

Especialistas capacitam equipes locais para prevenção de desastres

A Prefeitura de Curitiba tem executado um conjunto de medidas preventivas e obras para reduzir a condição de vulnerabilidade da população e os riscos com as inundações. A avaliação é do geógrafo e professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) Laurindo Guasselli, que ministra na cidade esta semana uma oficina de capacitação sobre a gestão de riscos e prevenção de desastres. A oficina é promovida pela Secretaria Nacional de Defesa Civil do Ministério da Integração Nacional até esta quinta-feira (12) e tem a participação de cinco guardas municipais da Defesa Civil de Curitiba e dois técnicos da Secretaria Municipal de Meio Ambiente.


Guasselli é especialista em mapeamento das áreas de risco e orientou as atividades de campo do curso em dois pontos ao longo da bacia do Rio Barigui. No Parque Mané Garrincha, na Cidade Industrial, ele chamou a atenção para a necessidade de conhecer e identificar essas áreas, suas características, entender os processos naturais de inundação e extravasamento do rio, os pontos de maior vulnerabilidade e aqueles suscetíveis de riscos para poder realizar um conjunto de intervenções.


Segundo Guasselli, obras estruturantes, parques lineares que ajudam na contenção de inundações, a renaturalização do ambiente, políticas públicas de moradia segura e digna, preservação da mata ciliar e ações preventivas de defesa civil integram um conjunto de medidas que, combinadas, diminuem os perigos, as consequências e o impacto de desastres. Ele reforça que nenhuma medida pontual ou isolada é capaz de impedir a ocorrência de inundações quando as chuvas alcançam volumes extraordinários e especialmente nos pontos de maior suscetibilidade, apenas retardam. "Quanto mais naturalizada e integrada a solução, melhor para o processo todo de proteção", disse.


A pesquisadora do Centro de Pesquisa e Ensino em Desastres (Ceped) da UFRGS Jocelei Bresolin, que também ministra a oficina em Curitiba, aponta que a percepção e avaliação dos riscos, associadas à interação com a comunidade, são capazes de mitigar o impacto e aumentar o poder de recuperação diante dos desastres. "Através do conhecimento preventivo, queremos evitar que tragédias ocorram", disse a professora. A oficina presencial de 20 horas é a etapa final de um curso completo de cinco semanas, que envolve ainda atividades de educação à distância.


Ela aprofunda o reconhecimento de conceitos essenciais para a gestão de riscos e gerenciamento de desastres para uma turma formada por 25 agentes de defesa civil, de meio ambiente, gestores públicos, voluntários e consultores da área que atuam nos estados do Paraná, de Santa Catarina e de São Paulo.


"A gestão de riscos nos proporciona avaliar melhor a condição de Curitiba como cidade resiliente", avalia o inspetor João Batista dos Santos, coordenador técnico da Defesa Civil de Curitiba.


Esse trabalho da Secretaria Nacional de Defesa Civil em parceria com o Ceped/UFGRS está na segunda etapa e começou no ano passado. Na primeira edição, foram formados 1,5 mil pessoas pela plataforma de educação à distância e com realização de oficinais presenciais em sete cidades brasileiras. Na segunda edição do curso, mais 1,5 mil pessoas recebem formação em gestão de risco. Oficinas presenciais da edição de 2015 aconteceram nas cidades de Campo Grande (MS); Rio de Janeiro (RJ); Vitória (ES) e Santarém (PA). A mesma atividade realizada esta semana em Curitiba ainda acontecerá até o fim do ano em Salvador (BA) e Fortaleza (CE).


Capacitações

Em um evento adverso a possibilidade de alguém sofrer alguma queda, escorregar ou se machucar é muito grande. Para isso precisamos de pessoas capacitadas para atender àquele que necessitar de ajuda.


Estabelecer os requisitos para a elaboração, manutenção e revisão de um plano de emergência contra incêndio, visa proteger a vida, o meio ambiente e o patrimônio.



Telefones
© 2009 - Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil - COMPDEC
Rua Capitão Souza Franco, 13 - Bairro: Batel - CEP: 80.730-420
defesacivil@curitiba.pr.gov.br
Curitiba - Paraná