Noticias
Atividades do Conhecer Para Prevenir chegam ao Tatuquara

Atividades do Conhecer Para Prevenir chegam ao Tatuquara

Diretores de escolas municipais, CMEIs e unidades de ensino contratadas do Município participaram do encontro do programa "Defesa Civil na Educação - Conhecer Para Prevenir" na Regional Tatuquara. São 34 instituições que estão na área de abrangência da regional e a meta, depois da implantação do programa em 100% da rede pública do Município, é preparar também os três Centros de Educação Infantil (CEI) que são parceiros da Prefeitura.


A atividade é a primeira que acontece depois da criação da 10ª regional de Curitiba. Antes disso, as escolas e CMEIs pertenciam à administração do Pinheirinho. Na capacitação do CPP, agentes de defesa civil pela Guarda Municipal e Secretaria Municipal da Educação definiram o funcionamento do programa, procedimentos, organização das brigadas, prazos para apresentação dos documentos de atualização cadastral e a realização de simulados para a prevenção de riscos e para saber o que fazer e como agir diante das situações de emergência.


"É importante trocar informações, afinar os conhecimentos e preparar os diretores para estruturarem em suas escolas o funcionamento do CPP, mapear rotas de fuga e distribuírem as responsabilidades, entre outras coisas", comenta a coordenadora do programa pela área da Educação na regional Tatuquara, Janaína Rabelo. No final de março, um CMEI do município disparou alerta por causa de suspeita de curto circuito na instalação elétrica. As crianças estavam bem preparadas pelos simulados e saíram tranquilas, em ordem de suas salas. Em pouco mais de dois minutos, antes da chegada do socorro, o CMEI foi completamente evacuado.


O supervisor Ermínio Zawadaski, também coordenador regional do CPP pela Guarda Municipal, destaca que uma das orientações repassadas aos diretores é a necessidade de elaboração do Plano de Emergência Local (PEL). "É por meio dele que a gente identifica, por exemplo, as situações de risco em potencial nas proximidades das escolas", informa.


"O CPP veio mesmo para salvar vidas e os simulados são fundamentais para orientar as escolas no dia a dia", argumenta a integrante do grupo gestor do programa no Município, Luciene Veiga Rohde. Luciene e os coordenadores de Defesa Civil, Marcelo Santos e Pedro Ioungblood, informaram, tiraram dúvidas e responderam aos questionamentos dos participantes da capacitação.


Unidades contratadas


Crislaine dos Santos Zortea é diretora do CEI Desafio do Saber, uma das três unidades contratadas na Regional Tatuquara e dos 77 centros parceiros que vão começar a implantar o CPP a partir deste ano. "Nosso CEI tem capacidade de atender 135 crianças e estamos aguardando com grande expectativa a implantação do programa e realização dos simulados. Desde a visita dos profissionais da Defesa Civil na unidade, as 23 funcionárias estão sabendo que passaremos por treinamento para a elaboração do plano local", conta.


Capacitações

Em um evento adverso a possibilidade de alguém sofrer alguma queda, escorregar ou se machucar é muito grande. Para isso precisamos de pessoas capacitadas para atender àquele que necessitar de ajuda.


Estabelecer os requisitos para a elaboração, manutenção e revisão de um plano de emergência contra incêndio, visa proteger a vida, o meio ambiente e o patrimônio.



Telefones
© 2009 - Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil - COMPDEC
Rua Capitão Souza Franco, 13 - Bairro: Batel - CEP: 80.730-420
defesacivil@curitiba.pr.gov.br
Curitiba - Paraná