Noticias
Equipes da Prefeitura atendem famílias atingidas por incêndio no Parolin

Equipes da Prefeitura atendem famílias atingidas por incêndio no Parolin

Equipes da Prefeitura de Curitiba estiveram no Parolin, na manhã deste sábado (18), para dar sequência aos atendimentos e prestar assistência às famílias atingidas por um incêndio que, na noite de sexta-feira (17) destruiu 14 casas e deixou 56 pessoas desalojadas. Não houve vítimas fatais, porém, uma pessoa ficou ferida, com pequenas escoriações e três intoxicadas por fumaça (uma mulher, um policial militar e um bombeiro). As quatro pessoas foram atendidas no local pelo SAMU no local e liberadas.


As famílias foram alojadas na casa de amigos e familiares durante a noite e nesta manhã estiveram no Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) Parolin onde receberam agasalhos, roupas de cama, colchões e alimentos. A Subsecretaria de Proteção e Defesa Civil, da administração regional do Portão, está com uma equipe de atendimento no local. “Estamos todos mobilizados, atendendo a orientação do prefeito Rafael Greca para assistirmos em todas as necessidades às famílias afetadas”, disse o administrador da regional Portão, Gerson Gunha.


Seis casas foram totalmente destruídas pelas chamas e outras oito ficaram bastante comprometidas. A área tomada pelo incêndio é conhecida como Morro do Sabão, um espaço muito adensado, o que deve ter contribuído para a propagação do incêndio.


Lonas plásticas foram distribuídas para proteger o mobiliário que restou da chuva e a Secretaria do Meio Ambiente, por meio da Limpeza Pública, avaliou o local que será limpo na segunda-feira, para a retirada dos entulhos. A Guarda Municipal tem acompanhado as equipes, garantindo a segurança para que todos possam trabalhar. O Corpo de Bombeiros avaliou que mesmo apagado, não é possível descartar o risco de um novo foco.


A Companhia de Habitação Popular de Curitiba iniciou o atendimento dos moradores que perderam suas casas, com o levantamento do perfil das famílias e, na segunda-feira, realizará um encontro para discutir a reconstrução das moradias. Secretaria Municipal da Saúde esteve no local para verificar a necessidade de novos atendimentos. Para o líder comunitário Edson Rodrigues, o Edson do Parolin como é conhecido na área, a agilidade no atendimento foi determinante para reduzir os prejuísos caudados pelo acidente. "Acionamos a administraççao regional e em pouco tempo as equipes das secretarias estavam aqui para nos dar apoio e ficaram por toda a madrugada trabalhando. Recebemos 100% de apoio", disse Edson..


Interessados em doar roupas, móveis, eletrodomésticos e mantimentos às famílias atingidas podem ligar para o Disque Solidariedade, por meio do serviço de telefone 156 ou levar até a sede da FAS, no Campo Comprido, a partir de segunda-feira.

Capacitações

Em um evento adverso a possibilidade de alguém sofrer alguma queda, escorregar ou se machucar é muito grande. Para isso precisamos de pessoas capacitadas para atender àquele que necessitar de ajuda.


Estabelecer os requisitos para a elaboração, manutenção e revisão de um plano de emergência contra incêndio, visa proteger a vida, o meio ambiente e o patrimônio.



Telefones
© 2009 - Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil - COMPDEC
Rua Capitão Souza Franco, 13 - Bairro: Batel - CEP: 80.730-420
defesacivil@curitiba.pr.gov.br
Curitiba - Paraná